Anterior

Desafios para um músico profissional

desafios para um músico profissional
Foto by Anastasia Kolchina Pexels

Introdução

Os desafios para um músico profissional enfrenta, são muitos e é melhor ter uma visão geral de quais são eles antes de se aventurar em uma carreira musical. Para muitas pessoas, música é sinônimo de alegria. A música pode proporcionar uma sensação de conforto, uma forma de expressar seus sentimentos e emoções, ou até mesmo algo divertido de ouvir! No entanto, por mais emocionante que seja ser músico ou intérprete, também traz consigo a sua quota-parte de desafios. Neste artigo exploraremos alguns desses.

O processo de educação

O processo educacional é caro, não importa o instrumento que você toque. O custo dos instrumentos, aulas e viagens para as aulas são apenas algumas das despesas que podem aumentar rapidamente. Muitos músicos também participam de festivais e competições de música para aprimorar suas habilidades e interagir com outros músicos.


Existem várias maneiras de gerenciar esses custos:

  • Inscreva-se para obter ajuda financeira através de sua escola ou comunidade. – Aproveite os programas dentro e fora da escola que oferecem aulas de música. – Junte-se a uma banda onde você pode dividir os custos de instrumentos, transporte e muito mais.

  • Peça ajuda a seus pais e outros membros da família. – Venda itens usados ​​em sites como Craigslist ou eBay para arrecadar dinheiro para aulas e equipamentos.
    Consiga um emprego de meio período e use o dinheiro para aulas e instrumentos.

  • Considere trabalhar com um professor de música que esteja disposto a elaborar um plano de pagamento.

  • Crie uma página de arrecadação de fundos em sites como GoFundMe ou Kickstarter para ajudar a arrecadar dinheiro para aulas e equipamentos.

  • Comece um negócio com sua música. Se você toca bem um instrumento, considere dar aulas ou se apresentar para grupos.

O alto custo de manutenção do instrumento – desafios para um músico profissional

Como músico profissional, você provavelmente conhece bem a importância do seu instrumento. Não é apenas uma ferramenta – é também o seu sustento. Se você não cuidar dele adequadamente, ele poderá se tornar inutilizável e/ou insegurável. Isso pode resultar em custos que variam muito dependendo do tipo de instrumento que você toca e da quantidade de manutenção necessária. Por exemplo:

As guitarras são muitas vezes feitas de madeiras mais caras do que violinos ou pianos, o que significa que requerem manutenção mais regular (limpeza, lubrificação) para permanecerem em boas condições;


Às vezes, os músicos precisam ser capazes de transportar seus instrumentos por longas distâncias, de um show para outro, e vice-versa, com segurança. Isto requer equipamento adicional, como caixas ou suportes;


Reparar danos causados por desgaste ou desastre natural pode custar entre US$ 100 e US$ 2.000 para diferentes tipos de instrumentos, dependendo se eles são feitos de materiais sintéticos ou orgânicos, como madeira ou marfim – e há a questão de substituir peças quebradas por outras semelhantes feitas à mão especificamente para cada modelo por artesãos que as fabricam desde antes de existir o “rock elétrico”.

Quando você soma tudo, é fácil ver por que músicos que tocam instrumentos como guitarras ou bateria podem gastar mais de US$ 10 mil em seus equipamentos.

É importante lembrar que a música sempre fez parte da cultura humana; Existem instrumentos que existem há milhares de anos e mudaram muito pouco nesse período. Na verdade, algumas pessoas argumentam que foi a invenção de instrumentos “elétricos” modernos, como guitarras e sintetizadores, que fez com que a música evoluísse para algo diferente do que conhecemos hoje.

-Isso não apenas ajuda você a lembrar o que está acontecendo na música, mas também lhe dá a chance de mostrar seu conhecimento musical ao ser capaz de identificar o acorde certo.- Além disso, se você estiver tocando com outras pessoas e quiser para saber onde eles deveriam estar na música, basta tocar a parte deles no seu instrumento ou cantar em voz alta para que eles possam acompanhar você.

Desigualdade de renda entre músicos e locais – desafios para um músico profissional

Os desafios para um músico profissional não se limitam ao trabalho em si. O lado monetário das coisas também é um problema. Muitos músicos não são pagos pelo tempo que passam trabalhando em seu ofício ou se promovendo como artistas. Em vez disso, eles dependem de apresentações ao vivo e contratos de gravação para ganhar a vida.

Isto pode ser difícil porque os locais muitas vezes tiram vantagem dos músicos, pagando-lhes menos do que merecem pelas suas atuações.

Isto pode ser especialmente problemático para jovens músicos que estão apenas começando. Muitos locais aproveitam o fato de estarem desesperados por exposição e pagam menos do que merecem. Isso torna ainda mais difícil para eles ganhar a vida como artistas.

Muitos músicos também enfrentam o desafio de encontrar um local para praticar seu ofício. Pode ser difícil para eles encontrar lugares que sejam baratos e que lhes permitam tocar tão alto quanto quiserem, sem incomodar outras pessoas no prédio. Isto é especialmente verdadeiro se eles moram em um prédio de apartamentos ou condomínio onde existem regras sobre níveis de ruído.

A música é uma forma de arte que pode unir as pessoas e criar mudanças positivas no mundo. No entanto, existem muitos desafios que os músicos enfrentam hoje. Esses desafios para um músico profissional podem dificultar o sucesso deles como artistas.

Para ser um músico de sucesso hoje, você precisa encontrar maneiras de superar esses desafios. Você também deve estar disposto a aproveitar as vantagens das novas tecnologias que podem tornar sua vida mais fácil e lucrativa como artista.

Concorrência de instrumentos baseados em IA – desafios para um músico profissional

Um dos desafios para o músico profissional, é a concorrência. Com o advento dos instrumentos controlados por IA, existem agora mais instrumentos musicais de alta qualidade disponíveis do que nunca. Esses instrumentos controlados por IA podem ser usados por qualquer pessoa, não apenas por músicos profissionais.

Eles são mais baratos que os músicos humanos e não exigem nenhum pagamento para uso. Então, o que um músico deve fazer quando se depara com esta competição?

A resposta é simples: crie um novo produto. Embora os instrumentos controlados por IA sejam baratos e fáceis de usar, eles não têm o mesmo nível de qualidade que os músicos humanos. Se você é um aspirante a músico que deseja se destacar na multidão, precisará criar um produto de alta qualidade que não possa ser replicado pela IA.

Isso lhe dará uma vantagem sobre outros músicos e o tornará mais desejável para locais e públicos.
Mas como criar um produto de alta qualidade que não possa ser replicado pela IA?

A resposta é simples: use a mesma tecnologia usada para desenvolver instrumentos baseados em IA. Na verdade, isso já está sendo feito por muitos músicos. À medida que se familiarizam com a tecnologia por trás desses instrumentos, começam a incorporá-la em seu próprio trabalho. Isso lhes dará uma vantagem sobre outros músicos e os tornará mais desejáveis para locais e públicos.

Competição de outros músicos

Os desafios para um músico profissional podem ser muitos, mas você não está sozinho nisso. A Internet tornou muito mais fácil para os músicos encontrarem o público, outros músicos e colaboradores. Também tornou muito mais fácil compartilhar informações sobre música e até mesmo ser pago por seus esforços.

Se você tem um bom produto – seja uma música ou um álbum – não há razão para que você não consiga vender esse produto online e ganhar dinheiro como músico profissional.

A Internet criou mais concorrência do que nunca para músicos profissionais que querem ganhar dinheiro com a sua forma de arte, vendendo o seu trabalho online ou realizando espetáculos ao vivo em locais da cidade ou no estrangeiro.

No entanto, com toda esta concorrência surge uma maior possibilidade de sucesso: se o seu produto for bom o suficiente, nada o impedirá de ter sucesso, desde que as pessoas estejam suficientemente dispostas (ou interessadas) em comprar o que você tem para lhes oferecer!

Há muitas maneiras de ganhar dinheiro como músico profissional, mas vamos nos concentrar em apenas duas: vender músicas e álbuns online ou fazer shows ao vivo em locais da cidade ou no exterior.

Venda de músicas e álbuns online

Vender músicas e álbuns online é uma ótima maneira de ganhar dinheiro como músico profissional. Tudo que você precisa é de uma conexão com a internet e uma boa música!

Existem muitos sites diferentes que permitem aos músicos enviar suas músicas gratuitamente, incluindo Soundcloud e ReverbNation. Esses sites oferecem a oportunidade de divulgar sua música para o mundo ouvir, mas somente se as pessoas estiverem interessadas o suficiente nela para ouvi-la!

Existem também muitos sites que permitem aos músicos vender suas músicas e ganhar dinheiro como músicos profissionais. Esses sites incluem iTunes, Amazon e Spotify. Essas plataformas pagam aos artistas cada vez que alguém compra uma de suas músicas ou álbuns, então quanto mais pessoas ouvirem sua música, mais dinheiro você poderá ganhar!

Arte como item de luxo e não como necessidade – desafios para um músico profissional

Um dos maiores desafios para um músico profissional hoje é a percepção que a sociedade tem da arte como um item de luxo e não como uma necessidade. A arte tem sido vista como tal há séculos, e até milhares de anos antes disso. Na verdade, era considerado mais uma extravagância do que qualquer outra coisa até o século 20, quando alguns artistas começaram a ganhar a vida com seu trabalho.

O problema disto é que as pessoas que não têm condições de pagar pela arte podem não ter acesso à boa cultura ou à música em geral, o que significa que a nossa cultura sofrerá se não fizermos as coisas bem!

O problema há muito tempo é que as pessoas não percebem como a arte pode ser uma necessidade, mas temos que mudar essa percepção. Se quisermos que a nossa cultura prospere, precisamos de garantir que todos tenham acesso à boa arte.

As pessoas que não têm condições de pagar pela arte podem não ter acesso à boa cultura ou à música em geral, o que significa que a nossa cultura sofrerá se não fizermos as coisas bem! O problema há muito tempo é que as pessoas não percebem como a arte pode ser uma necessidade, mas temos que mudar essa percepção. Se quisermos que a nossa cultura prospere, precisamos de garantir que todos tenham acesso à boa arte.

O problema disto é que as pessoas que não têm condições de pagar pela arte podem não ter acesso à boa cultura ou à música em geral, o que significa que a nossa cultura sofrerá se não fizermos as coisas bem! O problema há muito tempo é que as pessoas não percebem como a arte pode ser uma necessidade, mas temos que mudar essa percepção. Se quisermos que a nossa cultura prospere, precisamos de garantir que todos tenham acesso à boa arte.

Ansiedade de desempenho (medo do palco)

A ansiedade de desempenho, ou medo do palco, é uma parte normal de ser um artista. Esteja você tocando para cinco amigos ou 5.000 estranhos, é natural ficar nervoso antes de subir no palco.

Tal como acontece com qualquer tipo de transtorno de ansiedade, existem diferentes maneiras de superar o medo do palco:
Pratique se apresentar diante de um público. Quanto mais você fizer isso, mais fácil será e mais confiante e confortável você se sentirá ao tocar ao vivo.
Use um pseudônimo ou nome artístico como seu nome artístico em vez de usar seu nome real, para que possa ser criada alguma distância entre você e a pessoa que normalmente se sente ansiosa com coisas como falar em situações sociais

Algumas pessoas sentem ansiedade ao se apresentar diante de um público. Isso pode fazer com que você tenha um ataque de pânico, fique nervoso ou ansioso antes de subir ao palco ou durante uma apresentação, ou tenha dificuldade para dormir devido a pensamentos sobre sua próxima apresentação.

Pirataria musical

Outro desafio para um músico profissional é a pirataria. A pirataria musical é um grande problema na indústria. A grande maioria dos lançamentos musicais é pirateada e é difícil ganhar dinheiro com sua música, mesmo que você a venda. Não é apenas o custo de fazer um álbum que torna isso um problema – há outros custos envolvidos que tornam a venda de discos menos lucrativa do que a venda de downloads digitais ou ingressos para shows.

Uma das soluções para este problema são melhores empresas de distribuição e gestão de direitos como a TuneCore, que permite aos artistas carregar as suas músicas em serviços de streaming como o Spotify sem ter de passar primeiro pelas editoras discográficas. Isso pode ajudar a manter mais royalties voltando para o seu bolso e, ao mesmo tempo, obter exposição por meio desses serviços!

Outra solução seria uma melhor educação entre os jovens, para que compreendam a importância das leis de direitos de autor quando se trata de garantir que os músicos sejam pagos de forma justa pelo que criam.

Existem muitos desafios na indústria musical, mas também há muito apoio para os músicos da indústria

Existem muitos desafios para um músico profissional na indústria musical, mas também há muito apoio para os músicos da indústria. A música é uma forma de entretenimento muito popular e há muitas maneiras de ganhar dinheiro com seu talento musical. Como artista, pode ser difícil encontrar pessoas que o ajudem a seguir a carreira dos seus sonhos como músico por causa de quão competitiva ela é, mas se você estiver disposto a trabalhar e melhorar no que faz, então há sempre haverá alguém procurando por outra grande banda ou artista solo que possa trazer para sua empresa

Conclusão

Apesar destes desafios, está claro que a música é uma parte importante da nossa cultura e continuará a ser. Se você está procurando uma maneira de se expressar de forma criativa e ao mesmo tempo ganhar dinheiro, a música pode ser a resposta.

Mestre em Música (Musicologia) pela Universidade de East Anglia, especialista em ensino superior pela Fabavi, Bacharel em composição musical pela Universidade de Brasília, Desenvolvedora Web Fullstack (Java). Flautista - doce 1º lugar no Concurso The Wharfedale Music Festival para flauta doce solo. CEO fundadora da Master Musica. Mentora de negócios voluntária para o centro de carreiras da universidade de East Anglia e Salto Aceleradora. Apresentadora do Talkshow Poesia Faz Pensar

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre Master Musica

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading